Páginas de menu
TwitterFacebook

Postado em dez 6, 2018 | 0 comentários

A corrupção é nossa

Ficou um rabicho da Lava Jato que agora é investigado na Operação Sem Limites. O ex-diretor Paulo Roberto Costa estaria sob risco de perder os benefícios da delação premiada porque sonegou informações sobre os fatos da nova operação.

Sem Limites é título perfeito para a corrupção na Petrobras nos últimos governos. A empresa-orgulho nacional do lema histórico de “O petróleo é nosso” transitou para “A corrupção é nossa”.

Faça-se um registro: com “tudo isso daí” a Petrobras nunca esteve sob suspeita de misturar água na gasolina. Honestidade? Não pode ser. A corrupção rendia tanto que seria covardia com os brasileiros. Essa espécie de banditismo foi monopólio da área da saúde.

Compartilhar:

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *