Páginas de menu

Postado em fev 12, 2020 | 0 comentários

A durinha

JÁ VÃO TRÊS MESES que o governador João Dória, de São Paulo, dorme na casinha do cachorro, perdão, no Palácio dos Bandeirantes. Bia, a primeira dama, resolveu dar “uma durinha” e preparou-lhe a malinha porque o marido não parava em casa. Ele fazia o distraído, que só aparece para dormir e se manda antes que a mulher acorde para cuspir.

BIA FAZ contenção de danos porque do Exterior, onde o governador se encontra, viera o fato que depois o autor chama de fake: o casal iria se separar, “amigavelmente”. A primeira dama nega; quando João chegar, eles discutem a relação. E a gente aqui da quinta comarca nessa dúvida cruel: foi uma durinha de Bia ou João dava durinhas fora de casa?

Compartilhar:

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



error: O conteúdo está protegido !!