Páginas de menu
TwitterFacebook

Postado em jan 14, 2019 | 0 comentários

Bomçenço

Antes seis, agora talvez duas, a quantidade de armas de uso pessoal a serem autorizadas no possível decreto de Jair Bolsonaro. Faz sentido: no faroeste são duas armas no coldre, uma de cada lado.

Mais que duas armas não combina com o Brasil, onde não se anda a cavalo para levar o rifle na sela, nem o clima permite esconder a garrucha sob a manga do paletó.

Compartilhar:

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *