Páginas de menu
TwitterFacebook

Postado em mar 17, 2019 | 0 comentários

Causa e defeito

“Um brasileiro ilegalmente fora do país é problema do Brasil. Isso é vergonha nossa, pra gente. Um brasileiro que vai para o exterior e comete qualquer tipo de delito…eu me sinto envergonhado.”

Do deputado Eduardo Bolsonaro (PSL/SP), que está nos EUA no esquadrão avançado para a  visita do pai. Afia o discurso para lamber as botas de Donald Trump, que quer expulsar os imigrantes ilegais do país. Eduardo, o pensador da família, tem vergonha dos brasileiros em situação ilegal no Exterior. Há milhares de imigrantes ilegais brasileiros nos EUA. Na cabeça Bolsonara não há diferença entre causa e efeito.

Até os alunos do ensino fundamental pré-vice-ministra Iolene Lima sabem que a imigração ilegal é efeito. A vergonha está na sua causa. De acordo com a lógica real, que vem antes e continuará depois da família Bolsonaro, a causa vem antes. A causa produz o efeito. Na visão bolsoignara não há diferença entre causa e efeito; são a mesmíssima coisa. Como aqui, quando o pensador da família baralha e dá de barato uma pela outra.

A causa vem antes do efeito. A vergonha vem antes da imigração. A vergonha é o que leva alguém à imigração ilegal. Os Bolsonaros irão acabar com essa vergonha, a causa? Como, nas declarações inconsequentes do Messias Jair, seus filhos amados e do apóstolos, Joice, Major Diogo, Alexandre Frota? Ou em políticas de emprego e proteção social que façam o Brasil atraentejusto e generoso com os brasileiros?

Luciana Amaral/UOLUol/Pin

Na foto da semana finda, Eduardo Bolsonaro em Washington, na primeira fila do filme sobre a saga de Olavo de Carvalho, ali presente.

Compartilhar:

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *