Cumplicidade

DEPOIS de certa idade a lei nos desobriga de votar. Continuamos a assistir – e sofrer com – a loucura de quem governa. Não nos sentimos cúmplices, embora revoltados pelo dever de pagar a conta, direta e indireta.

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *