Jeitinho à vista

O Supremo retoma hoje a votação do foro privilegiado. Jeitinho à vista, tem coisa que não tem como mudar de uma hora para outra. Por exemplo: cadeia para tanto amigo bandido diplomado pela justiça eleitoral, terrenos vazios para acampar hordas de cegos e iludidos, cônjuges e cônjugas aguentando corruptos presos em domicílio recebendo porta-vozes para vomitar bobagens.

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *