Páginas de menu
TwitterFacebook

Postado em fev 12, 2019 | 0 comentários

Justo entre os justos

O deputado Nelson Justus deixa a comissão de constituição e justiça e vai para a comissão de finanças. Quem ganhou? O deputado que vai para o lugar dele. E a constituição? Continua do jeito que veio ao mundo, sem pé nem cabeça, perdida, no mato-sem-cachorro.

Justus na comissão de finanças, é o homem certo no lugar certo? Nisso, os autores convergem: não há homem mais certo para função tão incerta. Um justo entre os justos. Seu currículo como presidente da assembleia legislativa avaliza, abona, afiança, até penhora sua escolha nas finanças.

Em nossos legislativos os homens certos vão para os lugares certos.  E vice-versa, a contrário senso, o que dá no mesmo. Mais certa, certa mesmo, muito acertada,  só a quase deputada mineira que se asilou Portugal por uma jogada de finanças públicas – que Nelson Justus mataria no peito.

Compartilhar:

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *