Lula e o onanismo

Lula tem procurado Josué Guimarães, filho de José Guimarães, para replicar a dobradinha de dois mandatos na presidência e vice. Me veio o sermão do Ginásio Adventista, quando pastor Belezzi contava a história de Onã, cunhado de Tamar, mulher de seu irmão Er, filho primogênito de Judá. Como Er morreu sem filhos, Judá mandou que Onã casasse com Er, para que os filhos dela tivessem direitos de primogênito, como se fossem filhos do primeiro marido.

Onã aceitou, mas queria a herança. Sendo o segundo filho, na falta de filhos de Er, o primogênito seria ele. Para isso, Onã inventou o primeiro método anticoncepcional registrado na Bíblia: transava com a cunhada, mas “lançava seu sêmen à terra, desperdiçando-o”. Na dúvida confiram o Gênesis/38. Era o ‘coitus interruptus’ dos romanos. De Onã derivou a palavra e prática do onanismo, nome técnico da masturbação. O brasileiro de bar diria, ‘na falta de Er, faço errado eu mesmo’.

O filho do vice entra como Er na fantasia de Lula, esse Onã que não quer perder a herança nem fazer filho na viúva alheia.

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *