Páginas de menu
TwitterFacebook

Postado em mar 13, 2019 | 0 comentários

Major e senador. Pode?

A família Bolsonaro ainda não se pronunciou, portanto a outorga da taça da cretinice sem noção e insensível fica adiada.

No momento, o concorrente mais sério foi o que saiu em primeiro: o senador Major Olimpio, presidente do PSL/SP, que declara que o atentado em que ex-alunos mataram oito colegas em escola de Suzano seria evitado se os professores estivessem armados.

Se o major estivesse naquela CPI também cretina sobre a Copa da França, ele perguntaria a Ronaldo Fenômeno por que o Brasil não trouxe a taça. Ronaldo respondeu, com o enfado que a burrice alheia exigia, que foi porque a França fez mais gols.

Professores armados na escola significariam mais alunos mortos. O Major Olimpio, que recentemente declarou em entrevista que anda armado por hábito de oficial que combatia o crime, não sabe que professores não têm o hábito de combater o crime de homicídio.

Professores só têm formação e preparo para combater o hábito que Major Olímpio acaba de se mostrar portador: o hábito da estupidez.

Compartilhar:

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *