Páginas de menu

Postado em out 16, 2020 | 0 comentários

O picareta e o abelhudo

No dia em que o STF sangrava em público, lavando a roupa suja da libertação do traficante André do Val, o ministro Luís Roberto Barroso mandava afastar o senador Chico Rodrigues, o corrupto da cueca. Assim, em despacho monocrático – ou egocrático, nas palavras do jornalista Josias de Souza. Desafiou o corporativismo do Senado, que ignorou decisão igual contra Renan Calheiros e desmoralizou o STF, que ficou como o pintor de quem se retira a escada e fica pendurado na brocha. Embora fosse assunto e matéria diferente, o protagonismo da toga é o mesmo. O ministro Barroso podia ter deixado o desgaste político ao Senado, que agora irá trabalhar não contra o senador picareta, mas contra o ministro abelhudo.

Compartilhar:

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



error: O conteúdo está protegido !!