Páginas de menu

Postado em set 15, 2020 | 0 comentários

Senescência

Consulta de rotina, tudo nos trinques. Longa conversa, pela qualidade o doutor devia cobrar a metade. Opção do cliente, que podia ir ao SUS e ao plano de saúde, baratos, um inacessível, ambos insensíveis. Bom de papo, causeur tipo Pedro Nava, quer saber do “sistema cognitivo”. Olha, doutor, no bate-pronto não consigo mais lembrar nomes de artistas de cinema; dos coadjuvantes, esses lembro. Senilidade?

Diz que é senescência, desgaste natural da máquina. Pergunta, tem dificuldade de ler, entender? Acho que não, até comecei a estudar Kant. Revira o prontuário, as fichas ao lado da máquina de escrever e das canetas Parker. “Há vinte anos você estudava Paulo Coelho”.  Com Kant e sem Coelho, nada de dar alta, desconto ou reduzir a uma as quatro consultas ao ano. “Numa dessas você morre cheio de saúde”.

Compartilhar:

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



error: O conteúdo está protegido !!