Páginas de menu
TwitterFacebook

Postado em jan 11, 2019 | 0 comentários

Só a pontinha

Jair Bolsonaro tascou a mensagem no Twitter: acabou a nomeação por apadrinhamento, agora só sob critérios técnicos. Exato no dia em que nomeou amigo para a gerência de segurança da Petrobras.

Não custa lembrar que nesse nível gerencial ocorreram os maiores escândalos da estatal nas gestões Lula/Dilma. No mesmo dia o tuíte saiu do ar, o fato continua na matéria, mas desmaterializou-se no espaço virtual.

Parece que é a última nomeação de amigo, uma indireta ao vice Mourão, que promoveu o filho, diria o bolsonárico míope, de catarata madura. Como o sedutor para para a virgem, o presidente finge que põe só a pontinha.

Em menos de um mês o governo Bolsonaro lembra o governo Lula na meia idade. Efeito Orloff, o capitão de hoje é o sindicalista de ontem.

Compartilhar:

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *