A soma das cores

Criticada pela escassez de negros em suas novelas, a Globo declara que não define os personagens pela cor da pele. Quem critica não entende o Brasil. As novelas da Globo são para o público das classes médias, ainda escassas de negros. Não tem como meter muitos personagens negros, já que há poucos negros nas classes médias. Mas as classes médias têm empregados negros e estes são representados por atores negros.

A Globo retrata a realidade, porém podia estimular a ascensão social, ainda que na dramaturgia, introduzindo personagens negros ricos e bem sucedidos. Novelas sobre jogadores de futebol caberiam na proposta. Quando reclamavam a Henry Ford que o modelo T só vinha na cor preta ele respondia que o carro era a soma de todas as cores, a preta. A Globo faz o contrário: o branco é a ausência de todas as cores.

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *