Páginas de menu
TwitterFacebook

Postado em ago 15, 2019 | 0 comentários

Tatibitati trilíngue

FRANCIS SUÁREZ, prefeito de Miami, esteve no Planalto com o presidente, o filho 03 e o ministro Ernesto Araújo – filho de Henrique Fonseca de Araújo, procurador geral no governo Geisel que impediu a extradição de Gustav Franz Wagner do Brasil, carrasco nazista responsável por 200 mil mortos no campo de Sobibor.

DIVAGAR é preciso nestes tempos bolsonefandos. Interessa a visita do prefeito de Miami. Ele conversou longamente com Eduardo Bolsonaro, a quem enalteceu as qualidades para ser embaixador do Brasil nos EUA (o que tem o prefeito da maior cidade de Cuba a ver com isso, a não ser na cabeça abduzida do assessor bolsomino?).

POIS BEM, o prefeito de Miami assina com firma as qualificações e a prowess (será que o embaixador in pectore patris conhece a palavra?) linguística de Eduardo Bolsonaro, com quem falou em português, espanhol e inglês. Eduardo estuda Libras com a madrasta, mas só a parte dos palavrões e das ofensas.

A ENTREVISTA encheu de esperança e orgulho o editor do Insulto. Não pelo pequeno Bolsonaro, que quer ver pelas costas, ele e família. Esperança com a neta, dois anos de idade, nativa de Miami. A fedelha também fala inglês, espanhol e português. Em todas, tatibitati como o fedelho Eduardo. Essa menina acaba nomeada prefeita de Miami.

Compartilhar:

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *