Páginas de menu
TwitterFacebook

Postado em jan 15, 2020 | 0 comentários

Transição

DAMARES ALVES está na contramão de Carlos Bolsonaro. Ele ofende Bruno, filho de Thammy Miranda, dizendo que é filho de mulher com mulher. Damares diz que a criança não tem nada com isso – embora a ministra não diga nada a favor dos pais a não ser a cor azul da roupa da criança e o rosa da roupa da mãe. Carlos Bolsonaro é contra a transição de gênero: homem é homem, mulher é mulher e gay é gay e ele insiste que é homem e a favor dos homens; até hoje não obsequiou o Brasil e o twitter com foto sua com namorada a tiracolo – a única fêmea de que fala chama-se Beretta.

A ministra oscila. Ultimamente insiste nas cores de menino e de menina, embora dia desses ela tivesse elementos azuis preponderantes em seu traje. A ministra não fala contra o sexo hétero nem contra o sexo gay. Ela nem fala contra o sexo, apenas quer que o sexo seja retardado até a hora certa. Não informa a hora certa, não é mulher com relógio nas costas, que não vê a hora de dar. Damares é o ministro que mais evolui no gabinete Bolsonaro. Pode-se dizer que ela está em transição. Diferente de Carlos Bolsonaro, que não transita.

Compartilhar:

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *